Portal da Cidade Cascavel

BELEZA

Agulhinhas mágicas que renovam a pele!

Microagulhamento chama a atenção por promover a renovação da pele, reduzindo manchas e cicatrizes

Postado em 08/10/2018 às 08:10 | Atualizado em 07/10/2018 às 09:34

Microagulhamento: mudanças são perceptíveis logo nas primeiras sessões (Foto: Assessoria)

Pode parecer um tanto contraditório fazer “furos” na pele para melhorar o aspecto dela. Mas com a técnica certa, esses furinhos podem ser aliados e vêm ganhando o gosto de muita gente que quer se livrar de manchas, cicatrizes, rugas superficiais, linhas de expressão e até mesmo estrias. Você já deve ter visto vídeos ou fotos desse procedimento: é o microagulhamento. 


Com uma espécie de rolo manual ou uma caneta automatizada, contendo várias pequenas e finas agulhas, o profissional percorre a área desejada fazendo minúsculas perfurações. “Com a Dermapen, vamos promovendo microcanais e depois disso a pele fica totalmente permeável, tornando o efeito dos ativos mais eficaz, sejam eles renovadores ou clareadores”, esclarece a esteticista da Mirabilis Estética de Cascavel, Magali Mantovani. 


A resposta mais imediata do tratamento é a indução de colágeno, que preenche cicatrizes e marcas, reorganizando também as fibras internas. Traduzindo? Mais firmeza e sustentação para a pele! Se você é daqueles que sofreu com muita espinha na adolescência e acabou ficando com as marcas da acne, pode apostar nesse procedimento para voltar a ter a pele sem essas “depressões”. Se você já está sentindo o efeito do tempo, percebendo novas marquinhas e manchas no rosto, pescoço ou colo, também pode apostar no poder das microagulhas. Até mesmo as estrias podem ser amenizadas com essa técnica que vai deixar a área afetada com um aspecto mais sadio. 


Mas atenção! Apesar de parecer simples, o procedimento precisa seguir uma série de cuidados. É por isso que deve ser feito por um profissional que preze pela segurança do cliente. “Antes de qualquer coisa, fazemos uma avaliação para ver se não há qualquer contraindicação. Pessoas com cicatrizes com queloide, doença vascular, com uso de anticoagulantes, ceratose solar, gestantes, com herpes ativa, rosácea ativa ou uso de medicamento roacutan não devem fazer”, orienta a esteticista da Mirabilis.


Se o cliente não se enquadra em nenhum desses casos, o procedimento é aplicado da seguinte forma: com uma higienização da pele seguida da aplicação de uma pomada anestésica. E os cuidados têm que seguir após a sessão. “É obrigatório o uso de protetor solar, realizando a reaplicação necessária para potencializar a proteção. Também é importante evitar exposição ao sol nos primeiros 30 dias. E beber muito água! Hidratação é fundamental”. Claro, cada caso é um caso. Mas geralmente logo nas primeiras sessões já é possível perceber as mudanças!


Ficou com alguma dúvida ou quer saber mais? Entre em contato com a equipe da Mirabilis Estética pelo telefone (45) 3037-2004 ou através das redes sociais: https://www.facebook.com/esteticamirabilis e https://www.instagram.com/mirabilisestetica

Fonte: Contelle Assessoria de Comunicação

Deixe seu comentário