Portal da Cidade Cascavel

LICITAÇÃO

Empresa oferece desconto de R$ 2,1 milhões para obra terminal de passageiros

Planilhas apresentadas pela OTT Construções estão sob análise técnica para homologação do resultado.

Postado em 10/01/2019 às 07:07 |

(Foto: Arquivo / Portal da Cidade)

"Responsabilidade, qualidade e velocidade". Estes foram os apontamentos básicos feitos pelo prefeito Leonaldo Paranhos para empresa que vencer a licitação 32/2018, que ficará responsável pelas obras de execução do término da construção do terminal de passageiros do Aeroporto Municipal de Cascavel Coronel Adalberto Mendes da Silva. O valor máximo para o certame foi fixado em R$ 18.574.150,06.


Os membros da comissão permanente estiveram reunidos com representantes das empresas participantes da concorrência para proceder a abertura e julgamento das propostas. A abertura dos envelopes de preços foi acompanhada também pelo diretor do Departamento de Obras Públicas da Secretaria de Serviços e Obras Públicas de Cascavel, Sandro Camilo Rocha Rancy, e pelo presidente da Cettrans, Alsir Pelissaro.


A empresa OTT Construções e Incorporações LTDA, de Curitiba, apresentou o menor preço para execução dos serviços: R$ 16.388.084,00. "O Consórcio B4 Construções Civis LTDA, EPP Pauleto, que são empresas de Cascavel, apresentaram documentos EPP (Empresa de Pequeno Porte) e, por isso, se beneficiaram com dispositivo do edital baseado em lei federal que diz que quando há uma diferença inferior a 10% do preço da ganhadora para a empresa de pequeno porte, pode oferecer para administração pública uma nova proposta cobrindo o valor da primeira", explicou Sandro Rancy.


De acordo com o diretor da Sesop, "o consórcio fez referência ao dispositivo que está no edital e agora vamos analisar as planilhas, classificar as empresas que participaram do certame e abrir o prazo para o consórcio se manifestar, caso seja do interesse". Rancy acredita que em cinco dias úteis a questão será resolvida. "A B4 terá até 48 horas depois de ser oficiada para oferecer uma nova proposta para o Município", completou.


Após a conclusão da análise, o resultado da classificação será publicado no órgão oficial do Município, abrindo prazo recursal nos termos da lei 8.666/93. Os envelopes de preços das empresas Consórcio Engedix Soluções de Engenharia Eireli e Marcos José Klein EPP, Gercindo Senhorin ME e Costa Oeste Construções LTDA permanecem fechados, sob guarda do Departamento de Gestão de Compras e Administração, pois a comissão declarou estas empresas inabilitadas. 


Confira as propostas:

PROPONENTE

PROPOSTA

CONSÓRCIO B4 CONSTRUÇÕES CIVIS LTDA - EPP E PAULETTO, PAULETTO &

CIA LTDA - EPP

R$ 16.742.910,90

CIMA ENGENHARIA E EMPREENDIMENTOS LTDA

R$ 17.241.979,03

CONSTRUTORA GUILHERME LTDA

R$ 17.399.777,88

CONSÓRCIO CONSTRUTORA E INCORPORADORA SQUADRO LTDA E FLJ

EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS EIRELI

R$ 16.902.843,55

DIARC ENGENHARIA E PRÉ-FABRICADOS LTDA

R$ 16.791.056,72

ENGEDELP CONSTRUÇÕES CIVIS E INCORPORAÇÕES LTDA

R$ 17.426.688,73

JOTA ELE CONSTRUÇÕES CIVIS S/A

R$ 17.088.576,93

OTT CONSTRUÇÕES E INCORPORAÇÕES LTDA

R$ 16.388.084,00

 

Fonte:

Deixe seu comentário