Portal da Cidade Cascavel

Cootacar:

População pode contribuir levando recicláveis separados na sede do Ecolixo

Com um dos caminhões queimados, cooperados retomam atividades aos poucos, mas ainda não conseguem fazer coletas em condomínios.

Postado em 13/03/2019 às 10:52 |

Uma semana após o incêndio que destruiu a sede da cooperativa, os 70 cooperados que integram a Cootacar retomam aos poucos os trabalhos. A primeira venda depois da tragédia, cujos prejuízos já somam, somente em equipamentos perdidos, pelo menos R$ 500 mil. A primeira carga vendida, de 70 fardos, está bem aquém do que as famílias costumavam vender.


De acordo com o gestor da cooperativa, Jonatas Barreto, dos 180 pontos de coleta em condomínio, agora a cooperativa está conseguindo fazer um roteiro com apenas 35 uma vez que sobrou apenas um caminhão para os trabalhos. O outro queimou, junto com o restante dos equipamentos. Eram quatro esteiras, nove prensas, dois elevadores de carga e duas balanças. Dessa estrutura, sobrou um caminhão, uma esteira e uma prensa. "Conseguimos emprestado do Município mais uma prensa e uma esteira, que instalamos no Ecolixo. A população pode ajudar trazendo o material reciclável separado já, aqui na sede", explicou.


Contato

A Cootacar já conseguiu um telefone para contato. A população pode tirar dúvidas pelo telefone 3324-0066 ou pelo 999318900 (com Jonatas).


A sede do Ecolixo fica na Rua Manaus, ao lado do Parque Vitória, no Bairro Country.


"As pessoas que quiserem doar recursos financeiros, podem ajudar por meio do Fundo Social da Cooperativa, na conta da Caixa Econômica Federal, agência 0568, operação 003, conta 70 770. Esse recurso vai para uma conta específica e uma comissão de catadores e técnicos analisa o que fazer com os recursos e as necessidades iniciais", explica  o gestor.

Fonte:

Deixe seu comentário