Portal da Cidade Cascavel

POLÍTICA

Sindicância vai investigar comprovantes de ensino médio de comissionados

Há suspeitas de que servidores comissionados que apresentaram a documentação exigida poderiam ter utilizado comprovantes inválidos.

Postado em 15/02/2019 às 17:37 |

(Foto: Flávio Ulsenheimer)

Uma Comissão de Sindicância vai apurar a veracidade dos certificados e históricos escolares apresentados pelos servidores comissionados da Câmara para comprovar a conclusão do ensino médio. Em portaria publicada ontem (14) no Órgão Eletrônico do Município, o presidente Alécio Espínola (PSC) designou três servidores efetivos para comporem a comissão que irá realizar a Sindicância.


Depois que foram exonerados, a partir de 1º de fevereiro, 12 assessores que não comprovaram o Ensino Médio, ainda circularam suspeitas de que servidores comissionados que apresentaram a documentação exigida poderiam ter utilizado comprovantes inválidos. “A linha de trabalho desta Mesa Diretora é pela transparência, e por isso não vou permitir que reste qualquer suspeita”, afirmou o presidente para explicar a abertura da Sindicância.


De acordo com o Regime Jurídico Único dos Servidores Municipais, a Sindicância tem prazo de 15 dias, prorrogáveis apenas por mais 15 dias, para apresentar relatório conclusivo. Nesse tempo, os membros da comissão vão analisar os documentos apresentados por todos os servidores comissionados.

Fonte:

Deixe seu comentário