Portal da Cidade Cascavel

Cascavel registra morte por gripe H3N2

Postado em 19/04/2017 às 10:39 |

A primeira morte de paciente por gripe do tipo H3N2 em Cascavel aconteceu no último domingo (16), no Hospital Universitário. A vítima é um homem de cerca de 50 anos.

Trata-se de um caso importado, já que o paciente é de Santa Catarina e apenas foi tratado em Cascavel. Já existe exame que comprova que foi este tipo de gripe que o matou. Esta influenza (gripe) tende a ser o vírus com maior circulação este ano. 

Quando um óbito por problemas respiratórios acontece, são realizados exames para saber se o paciente tinha algum tipo de influenza . Também ocorrem exames em pacientes em tratamento, este ano, uma paciente de Cascavel já havia sido diagnosticada com H1N1, outro subtipo da gripe A.

Vacina

A vacina contra a gripe já começou a ser distribuída na última segunda-feira (17). Ela protege contra três tipos de vírus: o H3n2, o H1N1 e também contra a influenza B. Em Cascavel a meta é vacinar 84 mil pessoas. Podem receber a dose idosos com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), profissionais de saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Fonte:

Deixe seu comentário