Portal da Cidade Cascavel

INFLUENZA

Vacina da gripe será liberada para todos dia 25

Até agora 96% do público alvo foi vacinado

Postado em 15/06/2018 às 14:09 | Atualizado hoje às 10:47

(Foto: Reprodução)

A Campanha Nacional contra a Influenza 2018, que com a prorrogação do Ministério da Saúde seria encerrada hoje (15), alcançou os objetivos em Cascavel, imunizando 96,30% do público-alvo, alcançando 83.479 pessoas.


Conforme reunião dos secretários municipais de Saúde do Estado do Paraná, a campanha fica prorrogada novamente até sexta-feira (22) para o mesmo público inicial preconizado pelo Ministério da Saúde e, a partir da próxima semana, dia 25, será disponibilizada para a população em geral enquanto houver estoque da vacina nas unidades de saúde.


O grupo das crianças, das gestantes e das puérperas, no entanto, ficou abaixo da meta. Das 18.866 crianças na faixa etária entre seis meses a cinco anos para imunizar, foram vacinadas 11.662 (58%); foram imunizados 2.118 gestantes (60%) e 427 puérperas (73%).


Demais grupos


Idosos superaram a procura, com 30.292 imunizados (115%). Entre os demais grupos prioritários foram vacinados 14.135 trabalhadores da área da saúde; 48 indígenas; 1.423 integrantes da população privada de liberdade; 727 funcionários do sistema prisional; 3.984 professores. Fora do grupo prioritário estão outros 16.386 imunizados por comorbidades (doenças crônicas comprovadas) e 2.227 sem comorbidades.


Quem pode receber a vacina


Até o dia 22, têm direito à vacina pessoas a partir de 60 anos; crianças de seis meses a cinco anos; trabalhadores da área de saúde; professores das redes pública e privada (com apresentação de declaração assinada pelo diretor); mulheres gestantes e puérperas; indígenas; pessoas privadas de liberdade (incluindo adolescentes cumprindo medidas socioeducativas); profissionais do sistema prisional; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais (necessária comprovação médica).


A partir do dia 25, qualquer pessoa pode receber a vacina.

Fonte: Assessoria

Deixe seu comentário